reaproveitamento

TORTA DE RESTÃO DA GELADEIRA

Autor: Ale Guerra (cuecasnacozinha)

Se liga na receita e na dica. A equipe do @comidainvisivel me convidou pra fazer uma receita do #desafiodonaodesperdicio e eu aqui convido vocês também a participarem.

COMO PARTICIPAR
Vamos juntos construir o maior livro coletivo de receitas e dicas de não desperdício! Basta postar sua receita ou dica usando a #desafiodonaodesperdicio e marcando o @comidainvisivel e convidar 3 ou mais amigos a participarem também! Vem com a gente para o bem maior do planeta!


RECEITA DE TORTA DE RESTÃO DA GELADEIRA
É fácil, prática, rápida de fazer e também muito versátil!
Você pode fazer essa torta de liquidificador com o restão da sua geladeira.
Sabe aquele momento que sobra um pedaço de tudo na gaveta?
Então, é só picar, ralar, fatiar e dispor esses vegetais sobre a massa.
Vai ficar bem colorido e saboroso.
Nessa torta coloquei cenoura e abobrinha (cortadas em pequenas tiras), alho-poró em rodelas e parmesão ralado por cima.
Pode acrescentar tomate, pimentão, azeitonas, palmito, ervilha, etc, etc, etc.
E que tal ervas frescas? Vale tudo!
Faça com o que você tiver.
E ainda: dá pra congelar em pedaços e descongelar na hora da fome.

INGREDIENTES E MODO DE FAZER

Ingredientes para a massa
3 ovos
2 xícaras de leite
1 xícara de óleo de girassol (soja ou o que preferir)
2 1/2 xícaras de farinha de trigo
2 colheres de sopa cheias de fermento em pó químico
1 pitada de sal

Modo de Preparo
Bota tudo no liquidificador (colocar os ingredientes líquidos primeiro para facilitar na hora de bater)
– ovos + leite + óleo + farinha de trigo + fermento em pó + sal.
Agora liga o botão.
A massa fica líquida mesmo tá, com cara de sopa-creme.
Unta uma assadeira média e despeja tudo.

Cobertura
Despejou a massa cobre com os vegetais.
Bom, eu usei uma cenoura e uma abobrinha cortadas em tiras finas (cruas mesmo).
Metade de um alho-poró e parmesão ralado por cima.
Também reguei com bastante azeite, sal e pimenta do reino à gosto.
Assar por 30 a 35 minutos em forno a 230 graus.

Instagram : cuecasnacozinha

Redução de desperdício vira mais de 100 hortas na África

Em comemoração ao Dia Mundial da Alimentação, celebrado anualmente pela FAO em 16 de outubro, a Costa Cruzeiros reafirma seu compromisso de reconhecer o valor dos alimentos.

Por meio do 4GoodFood, um programa que estabelece um marco para a indústria marítima global, a Costa Cruzeiros determinou a si mesma a meta de reduzir pela metade o desperdício de alimentos a bordo de seus navios até 2020, dez anos antes do prazo da Agenda 2030 da ONU. Hoje, 18 meses após a implementação do projeto em toda a frota, o 4GoodFood reduziu mais de 35% no desperdício de alimentos a bordo.

“Todos os dias do ano fazemos o máximo possível, em toda nossa frota, para ajudar a alcançar os objetivos promovidos pela FAO no Dia Mundial da Alimentação. Colocamos, no programa 4GoodFood, esforços conjuntos para trilhar um caminho cada vez mais permanente no reconhecimento do valor dos alimentos e do consumo responsável”, afirma Stefania Lallai, diretora de Sustentabilidade e Relações Externas da Costa Cruzeiros.

O 4GoodFood é um projeto integrado de longo alcance, começando com uma revisão do processo de preparação de pratos e envolvendo ativamente hóspedes e tripulantes. Uma parte integrante do programa é a campanha de comunicação a bordo Taste don’t Waste, que tem como objetivo incentivar o consumo responsável nos buffets dos navios. A campanha aborda valores e emoções e estimula as práticas por meio da sensibilização em vez da imposição, uma vez que, além de estarem de férias, os hóspedes devem ter sua cultura respeitada.

Como resultado, a companhia doa o equivalente economizado por seus hóspedes à comunidade. Até agora, a Costa adotou cerca de 100 hortas no Quênia, Moçambique, Madagascar, África do Sul e Tanzânia, em apoio ao projeto “Food Gardens in Africa” promovido pela Fundação Slow Food para a Biodiversidade.

Em parceria com a instituição de caridade Fondazione Banco Alimentare Onlus, a Costa distribuiu 150.000 porções de refeições preparadas, mas não consumidas a bordo. Esses alimentos são descarregados regularmente em vários portos da Itália, como Savona, Civitavecchia, Bari, Palermo, Gênova e Nápoles, e também em Marselha (França), Barcelona (Espanha), Guadalupe e Martinica, onde são distribuídos para 12 associações beneficentes. O objetivo da Costa Cruzeiros é envolver também outros portos e estender ainda mais o programa de doação de alimentos excedentes, a fim de alcançar o maior número possível de comunidades desfavorecidas.

Além disso, graças à parceria com a Winnow, a Costa mapeia a cozinha de seus navios, mantendo um registro centralizado que contém quantificação e análise em tempo real do desperdício de alimento que acontece no processo de preparo das comidas.

Sobre a Costa Crociere

A Costa Crociere é a companhia marítima italiana integrante da Carnival Corporation & plc, a maior empresa de cruzeiros do mundo. Há 71 anos a frota da Costa Crociere navega pelo mundo e oferece o melhor do estilo italiano, da hospitalidade a alta gastronomia, fazendo das férias uma experiência única a bordo. As embarcações incluem o que há de mais moderno em diversão, além de oferecer opções para aqueles que desejam relaxar. Possui 15 navios em serviço, a maior frota da Europa.

Além disso, dois navios de última geração serão entregues em 2019 e 2021: eles apresentam um “projeto verde” revolucionário e será conduzido por gás natural liquefeito (GNL), combustível fóssil mais limpo do mundo, o que representa um grande avanço ambiental. A Costa reflete a excelência italiana surpreendendo seus clientes todos os dias com experiências de férias únicas e inesquecíveis graças aos 27.000 associados de Costa em todo o mundo que, por sua vez, trabalham todos os dias para oferecer o melhor da Itália em férias de cruzeiro por meio de 140 itinerários diferentes, 261 destinos e 60 portos de embarque.

Dicas na reutilização do arroz

Autor: Marcia

Tempo de preparo: Média de 15 minutos

Ingredientes:
O arroz segundo pesquisa da Embrapa é o item mais desperdiçado pelas famílias.

Para evitar que isso aconteça, tente preparar quantidades adequadas a sua família, mas se mesmo assim sobrar, na próxima refeição aproveite o que sobrou e reinvente o preparo!!

Modo de fazer:
Se sobrou pouquinho prepare bolinhos de arroz ou utilize na receita de torta de liquidificador substituindo parte do trigo por arroz.

Se sobrou muito, faça um molho branco ou vermelho misture ao arroz, acrescente o que tiver em casa que possa enriquecer o sabor. Quem sabe não tem um restinho de carne moída ou um pedacinho de calabresa? Vai ficar uma delícia, aproveitar as sobras e fazer um bem enorme para as finanças da família!!!

Observações: O primordial no reaproveitamento dos alimentos é o amor e capricho!!!
Se simplesmente esquentar uma panela de arroz empelotado com água ninguém vai querer!!!
Mas não tenha dúvida que se preparar um novo prato com capricho e amor, o “soboro” vai fazer tanto sucesso quanto o arroz fresquinho!!!

Em Manaus, ‘Programa de Redução de Desperdício nas Feiras’ arrecada 31 toneladas de alimentos em 7 meses

O “Programa de Redução de Desperdício nas Feiras”, executado pela Secretaria Estadual de Produção Rural (Sepror) de março a setembro de 2019, visa a redução de desperdício de alimentos, garante segurança alimentar à população em vulnerabilidade social e contribui para a erradicação da pobreza, através do recolhimento dos produtos nas feiras de Manaus e a distribuição para instituições cadastradas.

Atualmente, três feiras participam do programa: a Feira da Banana, a Feira da Manaus Moderna e a Feira de Produtos Regionais da ADS, do Shopping Ponta Negra, e de onde saem, semanalmente, aproximadamente 1 tonelada de legumes, frutas e verduras.

Os alimentos arrecadados são armazenados nos caminhões do Programa Mesa Brasil e encaminhados para o Balneário do Sesc, na  Avenida Constantinopla, Campos Elíseos, onde é feita a triagem e a distribuição.

“Com o apoio do Sesc, conseguimos fazer a triagem dos produtos arrecadados, que, a partir daí, são distribuídos para 65 instituições do banco de dados do Programa Mesa Brasil. Vale lembrar que todo ano é aberto o edital para que novas instituições possam se cadastrar”, lembrou Carlos Henrique, coordenador do projeto e servidor da Sepror.

Casa do Migrante Jacamim – Atendendo cerca de 280 pessoas em situação de vulnerabilidade, a Casa do Migrante Jacamim, localizada na avenida Mário Ypiranga, Flores, recebeu, no último dia 10 de outubro, aproximadamente 580 quilos de alimentos, entre verduras e hortaliças, através do Programa.

Para a diretora do abrigo, Soraia Araújo, a captação desses alimentos é muito importante, pois ajuda a combater a fome de pessoas em situação de vulnerabilidade social.

“Esta entrega causou um impacto muito positivo e coincidiu de termos nesta mesma semana a doação de peixes. Então, aproveitamos para montar um cardápio adaptado ao alimento recebido. Para nós, essa também é uma oportunidade de cuidar da saúde deles, com maior qualidade, já que precisam tanto de apoio nutricional”, declarou Soraia.

ODS – O titular da Sepror, Petrucio Magalhães Júnior, afirma que a redução de desperdício faz parte do Plano Safra Amazonas e é um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), estabelecido pela Organização das nações Unidas (ONU), visando garantir soberania alimentar.

“Estamos alinhados e trabalhando para erradicar a fome e as desigualdades sociais no Amazonas”, destacou Petrucio Magalhães Junior.

Fonte: Governo do Amazonas

Pãezinhos com tapioca amanhecida

Autor: Neide Rigo

Pãozinho com sobras de tapioca. Sabe aquelas tapiocas que não ficaram boas ou que quebraram, ficaram secas, sobraram de um dia pro outro borrachentas?

Pois inventei de fazer uns pãezinhos com elas pra evitar desperdícios, e ficaram super gostosas. Isto, em 2011, e está lá no blog, mas lembrei dela agora para celebrar o dia mundial da alimentação e para responder ao desafio lançado pelo @comidainvisivel, que acredita que no coletivo e de mãos dadas podemos construir o maior livro de receitas e dicas de não desperdício. Então, aqui está minha receita:

Pãezinhos com tapioca amanhecida

400 g de beiju de tapioca amanhecido finamente picado
1,5  xícara de leite
3 ovos pequenos ou 2 grandes
3 colheres (chá) de açúcar
1 colher (chá) de sal
25 g de manteiga em ponto de pomada
Polvilho doce ou castanhas para enfeitar

Modo de fazer:

  1. Para picar os beijus de tapiocas, enrole-os como rocambole, corte tirinhas e depois pique em quadradinhos. Cada xícara padronizada de 240 ml comportou 100 g de quadradinhos.  Coloque numa tigela.
  2. À parte, bata bem  o leite com os ovos, o açúcar, o sal e a manteiga. Despeje sobre a tapioca e deixe hidratar por meia hora. Agora amasse bem com as mãos ou use um mixer (foi o que fiz). Se a massa estiver muito dura, junte mais um pouco de leite. A massa deve ficar bem grudenta, mas se você umedecer as mãos com água, poderá enrolar em bolas.
  3. Para modelar, retire as porções, com colheres de sopa, de mais ou menos 35 g. Coloque em forma untada com manteiga e polvilhada com polvilho doce.  Espalhe por cima polvilho doce peneirado ou castanhas do pará picadas, só pra enfeitar.
  4. Leve ao forno bem quente e deixe assar até que os pãezinhos fiquem com a crosta dourada. Quando estão quentes devem ser comidos sem recheio, pois são bem cremosos por dentro e ficaram deliciosos assim. Quando esfriam, podem ser cortados e recheados, aproveitando o grande oco que se forma.

Rendimento:

25 unidades.

Site: www.come-se.blogspot.com

loading