Receitas

Charutinhos Veggy de Ricota

Autora: Luciana

Tempo de preparo: 20min

Quantidades/Porções: 4-6 pessoas

Ingredientes:

Folhas de beterraba -12 unididades
Talos de beterraba
Resíduo de leite de girassol (ou amêndoas) – 1 xícara (chá)
Azeite de oliva a gosto
Suco de limão 2 colheres (sopa)
Sal

Modo de fazer:

  1. Misture o resíduo do leite de girassol com o azeite, suco de limão e sal. Acrescente os talos de beterraba bem picadinhos. Reserve.
  2. Escolhas as folhas de beterraba inteiras, caso esteja rasgadas, junte-as  para fazer os rolinhos.
    Coloque uma colher (chá) de recheio e molde os charutinhos.
  3. Disponha-os num pirex, cubra com molho de tomates e leve ao forno para aquecer.Observações: Esses charutinhos também podem ser servidos frios, sem molho, como aperitivo.
    Vc também pode usar as sobras de arroz para rechear.

TORTA DE RESTÃO DA GELADEIRA

Autor: Ale Guerra (cuecasnacozinha)

Se liga na receita e na dica. A equipe do @comidainvisivel me convidou pra fazer uma receita do #desafiodonaodesperdicio e eu aqui convido vocês também a participarem.

COMO PARTICIPAR
Vamos juntos construir o maior livro coletivo de receitas e dicas de não desperdício! Basta postar sua receita ou dica usando a #desafiodonaodesperdicio e marcando o @comidainvisivel e convidar 3 ou mais amigos a participarem também! Vem com a gente para o bem maior do planeta!


RECEITA DE TORTA DE RESTÃO DA GELADEIRA
É fácil, prática, rápida de fazer e também muito versátil!
Você pode fazer essa torta de liquidificador com o restão da sua geladeira.
Sabe aquele momento que sobra um pedaço de tudo na gaveta?
Então, é só picar, ralar, fatiar e dispor esses vegetais sobre a massa.
Vai ficar bem colorido e saboroso.
Nessa torta coloquei cenoura e abobrinha (cortadas em pequenas tiras), alho-poró em rodelas e parmesão ralado por cima.
Pode acrescentar tomate, pimentão, azeitonas, palmito, ervilha, etc, etc, etc.
E que tal ervas frescas? Vale tudo!
Faça com o que você tiver.
E ainda: dá pra congelar em pedaços e descongelar na hora da fome.

INGREDIENTES E MODO DE FAZER

Ingredientes para a massa
3 ovos
2 xícaras de leite
1 xícara de óleo de girassol (soja ou o que preferir)
2 1/2 xícaras de farinha de trigo
2 colheres de sopa cheias de fermento em pó químico
1 pitada de sal

Modo de Preparo
Bota tudo no liquidificador (colocar os ingredientes líquidos primeiro para facilitar na hora de bater)
– ovos + leite + óleo + farinha de trigo + fermento em pó + sal.
Agora liga o botão.
A massa fica líquida mesmo tá, com cara de sopa-creme.
Unta uma assadeira média e despeja tudo.

Cobertura
Despejou a massa cobre com os vegetais.
Bom, eu usei uma cenoura e uma abobrinha cortadas em tiras finas (cruas mesmo).
Metade de um alho-poró e parmesão ralado por cima.
Também reguei com bastante azeite, sal e pimenta do reino à gosto.
Assar por 30 a 35 minutos em forno a 230 graus.

Instagram : cuecasnacozinha

Suflê de Brócolis

Autor: Henrique de França Martins

Tempo de preparo: 35 minutos

Quantidades/Porções: 1 suflê grande

Ingredientes:
Talos e folhas de brócolis
4 ovos
100 ml de leite
50g de manteiga
50g de farinha de trigo
100g de parmesão ralado

Modo de fazer:

  1. Pré aqueça o forno a 180˚C.
  2. Cozinhe as folhas e talos de brócolis e bata no liquidificador junto com o leite até obter uma mistura bem verde e liquida, peneirar o liquido em um recipiente e reservar.
  3. Bater as claras em neve e reservar.
  4. Em uma panela anti-aderente  derreta a manteiga e junte a farinha mexendo até obter uma mistura homogênea.
  5. Acrescentar o líquido dos talos do brócolis e mexer até obter um creme liso.
  6. Adicione as gemas e o queijo e mexa até ficar homogêneo.
  7. Resfrie a mistura e acrescente as claras em neve cuidadosamente.
  8. Unte a forma para suflê com manteiga e farinha, e asse no forno por 25 minutos.
  9. Sirva imediatamente.

Talos de espinafre

Autora: Paola Carosella

Talos de espinafre no vapor com molinho rápido de shoyu- alho-gengibre ralado.

Casca louca e Farofa de banana da Terra

Autora: Camila Yazbek, via Escola Wilma Kovesi

Nada se perde, tudo se transforma (ou reaproveita!).⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Estamos participando do #DesafioDoNaoDesperdicio, um projeto da @comidainvisivel, e hoje resgatamos a receita da chef Camila Yazbek CASCA LOUCA E FAROFA DE BANANA DA TERRA, ensinada em aula sobre uso integral de alimentos organizada na Escola pela Associação Prato Cheio (@associacaopratocheio).
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Confira a receita da chef Camila Yazbek (@cacayazbek) logo abaixo.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
CASCA LOUCA
rendimento: 5 porções
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Ingredientes:
4 cascas de banana da terra madura
1 tomate
1 pimentão vermelho médio
1 cebola média
1 dente de alho
½ xícara de molho de tomate
½ maço de salsinha
1 colher de sopa de azeite
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Modo de fazer:

  1. Raspe e retire a parte branca interna da banana. Corte em cubos.
    Refogue o alho no azeite, acrescente e a cebola até ficar translúcida.
    Acrescente o pimentão e a casca da banana.
  2. Acrescente o tomate.
  3. Quando o tomate secar, acrescente o molho de tomate e ½ xícara de água.
  4. Deixe cozinhar até a casca da banana amolecer. Se necessário coloque mais água.
  5. Tempere com sal e cheiro verde.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

FAROFA DE BANANA DA TERRA

rendimento: 5 porções
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Ingredientes:
2 colheres de (sopa) de manteiga
1 colher de (sopa) de azeite
1 dente de alho
2 bananas da terra em cubos
1 xícara de farinha de mandioca
Sal a gosto
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Modo de fazer:

  1. Em uma frigideira, coloque a manteiga e o azeite em fogo baixo. Deixe derreter.
  2. Refogue o alho.
    Aumente o fogo para médio, coloque as bananas e não mexa até estarem douradas na superfície de baixo.
  3. Mexa e doure por todos os lados, usando a mesma técnica.
  4. Tempere com sal.
  5. Acrescente a farinha e mexa deixando a farinha torrar.
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    #escolawilmakovesi #escolawilmakovesidecozinha #diamundialdaalimentação #semdesperdício #gastronomiasp

Instragram: escolawilmakovesi

 

Pão doce de jabuticaba

Autor: Quintal da Aurélia

Pronto! aqui está o pão doce desta Quinta no Quintal. E ele é muito especial, não só porque é feito com farinha orgânica, fermentação 100% natural e todo carinho, mas principalmente porque é resultado do aproveitamento total da primeira colheita da jabuticabeira do nosso Quintal, que já foi considerada estéril.💜
.
@comidainvisivel lançou o #desafiodonaodesperdicio para construir o maior livro de receitas e dicas de não desperdício 🙌🏼
.
e nós por aqui, aproveitamos tudo, tudinho das jabuticabas que colhemos! uma parte virou geleia e a outra virou essa delícia da foto.
.
aqui vai a receita destes enroladinhos, com recheio de aproveitamento de cascas e bagaços.
.
Para a massa:
500g farinha de trigo
25g leite em pó
10g de sal
misture os secos e acrescente
150g de levain bem hidratado e borbulhante ou 10g de fermento biológico seco (caso não tenha familiaridade com o fermento natural),
200g de água
75g de ovos
misture até a massa ganhar corpo e então acrescente aos poucos 150g de manteiga até ficar completamente incorporada.
deixe a massa descansar enquanto prepara o recheio.
.
Para o recheio:
Separe 1 xícara das cascas e polpas previamente aferventadas e processadas até ficarem quase homogêneas com 1/3 de xícara da seguinte calda:
.
bata 150g de açúcar mascavo com 130g de manteiga até ficar cremoso, acrescente então 1g de sal, 60g de mel, 1g de canela e 4g de baunilha .
abra a massa em formato retangular deixando uns 3mm de espessura
.
espalhe a mistura acima formando uma camada fina na superfície da massa deixando uma margem de uns 2 cm em um dos lados, para que esta seja selada.
.
enrole como um rocambole, embale em filme plástico e leve à geladeira por 8-12 horas.
.
Para assar:
Espalhe o que sobrou da calda de açúcar mascavo e manteiga em uma assadeira forrada com papel manteiga que possa ir ao forno. Tire a massa da refrigeração e corte em fatias de mais ou menos 4cm.
Coloque as fatias na assadeira, deixando espaço entre elas, pois ainda vão fermentar mais.
Quando quase dobrarem de tamanho, leve ao forno pré aquecido a 190oC, por 15’.

Instagran: Quintal da Aurélia

Bolo de jabuticaba integral

Autora: Neide Rigo

É tempo de jabuticaba! Esta receita de bolo já tem dois anos que publiquei no blog. Resolvi fazer um bolo comum ao qual incorporei as jabuticabas inteiras, com casca e sementes, partes que costumam ir para o lixo.

Vou repostar aqui hoje porque ganhei ontem dois tantos de jabuticabas de duas amigas e uma opção de aproveitamento é este bolo de aproveitamento integral.

E é com ele que respondo ao desafio feito pela @paolacarosella para participar da campanha da Dani do @comidainvisivel contra o desperdício – estamos juntas! Com a participação coletiva, vamos construir o maior livro de receitas e dicas de não desperdício. Aqui vai a receita, facinha, facinha.

Bolo de jabuticaba integral

Bate no liquidificador 2 xícaras de jabuticabas pequenas inteiras, com casca e semente, com 3 ovos, meia xícara de azeite (ou qualquer gordura), meia xícara de leite (qualquer leite) e 1 e meia xícara de açúcar (qualquer açúcar). Bate até triturar bem.

Passa para uma tigela, junta 2 xícaras de farinha de trigo e 1 colher (sopa) rasa de fermento químico. Mistura bem e assa em forma untada e enfarinhada como qualquer outro bolo.

Desenforma e polvilha com açúcar de confeiteiro fazendo frescura, mas não precisa.

Rende uns 15 pedaços

Pãezinhos com tapioca amanhecida

Autor: Neide Rigo

Pãozinho com sobras de tapioca. Sabe aquelas tapiocas que não ficaram boas ou que quebraram, ficaram secas, sobraram de um dia pro outro borrachentas?

Pois inventei de fazer uns pãezinhos com elas pra evitar desperdícios, e ficaram super gostosas. Isto, em 2011, e está lá no blog, mas lembrei dela agora para celebrar o dia mundial da alimentação e para responder ao desafio lançado pelo @comidainvisivel, que acredita que no coletivo e de mãos dadas podemos construir o maior livro de receitas e dicas de não desperdício. Então, aqui está minha receita:

Pãezinhos com tapioca amanhecida

400 g de beiju de tapioca amanhecido finamente picado
1,5  xícara de leite
3 ovos pequenos ou 2 grandes
3 colheres (chá) de açúcar
1 colher (chá) de sal
25 g de manteiga em ponto de pomada
Polvilho doce ou castanhas para enfeitar

Modo de fazer:

  1. Para picar os beijus de tapiocas, enrole-os como rocambole, corte tirinhas e depois pique em quadradinhos. Cada xícara padronizada de 240 ml comportou 100 g de quadradinhos.  Coloque numa tigela.
  2. À parte, bata bem  o leite com os ovos, o açúcar, o sal e a manteiga. Despeje sobre a tapioca e deixe hidratar por meia hora. Agora amasse bem com as mãos ou use um mixer (foi o que fiz). Se a massa estiver muito dura, junte mais um pouco de leite. A massa deve ficar bem grudenta, mas se você umedecer as mãos com água, poderá enrolar em bolas.
  3. Para modelar, retire as porções, com colheres de sopa, de mais ou menos 35 g. Coloque em forma untada com manteiga e polvilhada com polvilho doce.  Espalhe por cima polvilho doce peneirado ou castanhas do pará picadas, só pra enfeitar.
  4. Leve ao forno bem quente e deixe assar até que os pãezinhos fiquem com a crosta dourada. Quando estão quentes devem ser comidos sem recheio, pois são bem cremosos por dentro e ficaram deliciosos assim. Quando esfriam, podem ser cortados e recheados, aproveitando o grande oco que se forma.

Rendimento:

25 unidades.

Site: www.come-se.blogspot.com

Caldos e + caldos, e sem talos e cascas no lixo

Autora: Dani Dahui

Vamos criar um mundo sem desperdício? Parece impossível né? Mas não é, só depende de pequenos gestos do todos nós no nosso cotidiano.

As Meninas da plataforma @comidainvisivel @dleite criaram um movimento para chamar a atenção de todos nós, se cada um fizer a sua parte : conseguiremos

E juntos vamos construir o maior #livro de dicas e #receitas de não #desperdicio do planeta 🙂 !! A minha receita é:

Use todas as sobras de cascas e pontas de legumes, raízes, cebola, louro, carcaça e pele de alguma proteína, sobra de folhas e sobra de temperos frescos para fazer caldos de legumes, peixe, frango, carne, pato e os use para base de molhos, risotos, caldos reconfortantes com massas. (os CALDOS podem ser congelados em forma de gelo e vocês vão usando aos poucos.)

Assim você aproveita tudo, tem uma alimentação saudável e diz não a caldos industrializamos cheios de químicas que só fazem mal.

Ah e claro, busque sempre se alimentar com produtos orgânicos vindo de pequenos produtores. Assim você evita a evasão do campo e tira a força da monocultura.

#juntassomosmaisfortes

site: www.ruella.com.br/blog

Pão de borra de café

Autor: San Vin Saint Enoteca

Pão de borra de café. Jogar fora? Nunca. As borras de café são ótimas pra fazer cosméticos naturais, energéticos caseiros, colocar na horta e até mesmo no pão. Esse aqui é um dos nossos queridinhos das receitas de reaproveitamento de ingredientes. É só guardar as borras do seu café coado de todo dia num pote e ir usando.

Ingredientes:

450g de trigo Espelta
50g de borra de café
350g de água
150g de levain
10g de sal

Modo de preparo:
1. Aqueça a água e a utilize para infusionar as borras de café. Reserve até esfriar.

2. Misture a infusão do café com o trigo, e sove até que todo o líquido seja absorvido pela massa.

3. Acrescente o levain e sove novamente até que todos os ingredientes estejam incorporados.

4.Por fim, acrescente o sal e sove até atingir o ponto da massa.

Nota: o ponto da massa é conhecido por “ponto de véu”, quando a rede de glúten está formado de maneira que ela pode ser esticada sem se rasgar. Coloque a massa em um bowl, cubra com um plástico filme e leve à geladeira para a primeira fermentação (24hrs). Retire a massa do bowl e coloque em uma superfície com azeite. Deixe descansar por 10 minutos e inicie as dobras. Faça 4 sessões de dobras puxando as pontas para o centro com intervalos de 15 minutos entre cada uma delas. Feito isso, modele a massa e coloque em uma cesta com tecido levemente enfarinhado, deixando descansar por mais ou menos 1 hora e meia. Coloque em uma forma com farinha ou panela de ferro previamente aquecida, faça um corte na massa com navalha ou faca bastante afiada e leve ao forno a temperatura de 240° por 30 minutos. Abaixe a temperatura para 200° e deixe por mais 15 minutos.

Site: www.saintvinsaint.com.br

loading