Mottainai, muito além do desperdício

Daniela Leite

Nossa querida curadora Michi Provensi nos apresentou a palavra japonesa Mottainai, que pode ser traduzida de forma geral como desperdício, mas seu conceito é bem mais amplo que isso. Para entendermos temos que relembrar os tempos difíceis do pós-guerra, quando a fome e a pobreza reinava no Japão, o povo vivia momentos de escassez e reconstrução.

Sendo uma ilha de poucos recursos naturais, os japoneses aprenderam a valorizar cada grão de arroz. E o conceito de Mottainai foi ganhando contornos mais amplos, vai muito além de repudiar o desperdício material. Também abrange ações que geram desperdício de qualquer natureza, incluindo emocional e espiritual.

Assim, estamos diante de mottainai quando encontramos um coração vazio ou repleto de sentimentos ruins.

“Mottai” é um termo de origem budista e trata da essência das coisas, que sugere que os objetos não existem isoladamente, mas estão intrinsecamente ligados uns ao outros em todo o Universo.

“Nai” significa negação, por isso “Mottainai” é uma expressão de tristeza sobre o repúdio dos laços que ligam todas as entidades vivas e não vivas. É também um grito de guerra para restabelecer esses laços e reafirmar a importância de tratar todos os objetos animados e inanimados com muito cuidado e sensatez.

Gratidão, Michi, por compartilhar conosco esse conceito tão especial.

Informações que devem constar no rótulo dos produtos
PREVIOUS POST
Simplicidade é sabedoria
NEXT POST

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *